A origem da chama!

“Assim, também a língua, pequeno órgão, se gaba de grandes coisas. Vede como uma fagulha põe em brasas tão grande selva! Ora, a língua é fogo; é mundo de iniquidade, a língua está situada entre os membros de nosso corpo, e contamina o corpo inteiro, e não só põe em chamas toda a carreira da existência humana, como também é posta ela mesma em chamas pelo inferno.” Tiago 3:5-6

Um pequeno fogo pode acabar com uma grande floresta. Esta é uma das ideias principais deste versículos. Suas palavras por menores que sejam podem ser um fogo destrutivo para muitas “árvores” situações ou pessoas que estão a sua volta. Pelo contexto do texto percebemos que a língua influenciada pelo inferno pode trazer grande destruição e inflamar pessoas para a destruição.

Com certeza você já deve ter visto essa cena ao seu redor. Famílias, casamentos, ministérios, amizades destruídas por poucas palavras carregadas com as chamas do ódio, da vingança, ofensa ou desprezo. Em muitos casos infelizmente o incêndio foi tão terrível que as pessoas ficaram muito feridas. Contudo, esse resultado é provocado por uma língua influenciada pelo inferno. Agora, se uma língua é influenciada pelo inferno, ela também pode ser influência pelo céu.

Em Atos dos apóstolos vieram sobre os discípulos “línguas como que de fogo” (Atos 2.4) O céu influenciou a linguagem dos discípulos. Quando isso acontece não é a destruição que toma o cenário mas um avivamento. O fogo incendiou os discípulos, mas logo estava tomando a “grande floresta” de Jerusalém. Precisamos de um avivamento pessoal, para que haja um avivamento coletivo.

Precisamos orar em línguas estranhas, confessar a Palavra, adorar a Deus, buscar incessantemente para que estejamos em chamas e assim influenciemos quem está à nossa volta. Se a frieza for a sua condição use sua boca para transformar isso. Tiago nos ensina que a nossa língua é um fogo! O calor para derreter sua frieza está na ponta da sua língua! Ao invés de constatar seu desânimo ore em outras línguas. Ao invés de declarar sua frieza, levante sua voz em adoração. Deus vai usar sua boca para incendiar todo o seu ser!

Algo maravilhoso acontece quando o fogo está aceso: temos luz. A escuridão desaparece onde o fogo está aceso. Muitas vezes estamos desanimados sem saber como as coisas se resolverão e mesmo assim abrimos nossa boca para adorar a Deus, nessa hora o fogo de Deus incendeia o nosso interior e passamos a ver, a crer que Deus tem todo o poder para mudar a situação. Sua capacidade de discernir situações e direções está intimamente ligada à sua adoração a Deus.

Após ser incendiado pelo fogo de Deus, Pedro ao ser questionado pelos judeus no capítulo dois do livro de Atos sabia que não deveria brigar com eles e nem fugir mas sim pregar. Não foi necessário nenhuma outra voz direcionando o apóstolo a pregar. Ele estava incendiado, ele tinha luz, discernimento. Aquela pregação incendiou milhares e esse fogo continua se alastrando, até os dias de hoje. Deixe ele queimar você. Como? A resposta está entre os seus dentes!

 

Drummond Lacerda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *