blog

Deus. Em toda parte, em todo tempo

Deus é onipresente, ou seja, está em toda parte e em todo tempo. A consciência dessa realidade pode ser transformadora para a nossas via com Deus. Ele está nosso redor, ao nosso lado, residente em nós e sobre as nossas vidas. Essa deve ser uma premissa que nos permite desfrutar do descanso que emana da Sua presença.

“Tu és o meu esconderijo; preservas-me da angústia; de alegres cânticos de livramento me cercas.” Sl 32:7

Deus está ao nosso redor. Quando lemos o que o salmista declara nesse verso, percebemos que se trata de alguém em uma situação de angústia e ele se remete a Deus como esconderijo, proteção e refúgio.

A proteção é uma das bênçãos de pertencermos a Deus e as Escrituras declaram que a Sua presença nos cerca, isso significa que, a sua presença é protetora e constante e devemos nos deleitar nisso!

Reflita sobre a sua postura em um momento de perigo, o normal é que apenas fujamos da situação de risco, mas o ideal é que apenas nos lembremos dessa realidade poderosa: Ele está ao meu redor, logo, estamos, somos e sempre seremos protegidos.

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre.” Jo 14:16

Mas, não é só ao nosso redor que essa proteção está, mas o Espírito Santo, a pessoa de Deus, é mencionado como “paracleto”, que Ele está ao nosso lado. Alguém ao lado, significa: companhia, relacionamento, consolo.

Assim como a vara significava a personificação da presença de Deus na vida de Moisés, o Espírito Santo, nas nossas vidas tem essa figura, divina, de que nunca estamos sós e que é a Pessoa mais capaz de nos consolar que poderíamos ter. O quanto você tem desfrutado disso?

Deus não está somente no momento em que estamos cultuando na Igreja, no nosso quarto enquanto oramos, na nossa célula. Ele está em todo tempo, presente e disponível.
Mas a presença de Deus não está apenas ao nosso lado ou ao nosso redor, mas dentro de nós. Temos um Deus residente de forma permanente. Nós somos “o lugar” onde Deus mora, somos Seu templo.

É interessante lembrar que no antigo testamento o lugar onde Deus estava era o lugar onde Ele era adorado, onde havia sacrifício, onde se encontrava com Ele, onde Ele se manifestava.

Logo, concluímos que até Jesus habitar entre nós, as pessoas deveriam ir ao templo para que os seus pecados fossem perdoados, para que se tivesse acesso a Deus. Mas Jesus perdoava pecados, curava, por onde andava. Onde estava Jesus, estava o templo, estava a presença, estava a manifestação de Deus. Ele era O Templo. Além de um lugar de culto, o Templo agora era lugar de benção e favor de Deus.

Logo, quando as Escrituras nos dizem que somos templo e templo está associado a Deus, somos um lugar de culto constante! Onde estamos Ele também está;

“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” 1 Co 6:19

Além de tudo isso, sabemos que o Espírito Santo está sobre nós. E essa consciência nos faz entender que, Ele não está só disponível e presente para nós, mas para o outro. Ao ponto daquilo que está dentro se externado através da unção em operação.

“O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos.” Is 61:1

Pedro, após a descida do Espírito Santo em Pentecostes, passa a pregar com intrepidez e ousadia (At 2:38). E esse mesmo Pedro, curava enfermos apenas por estar perto deles (At 5:15), a unção era tão clara e tão óbvia que se movia através de sua vida em plenitude.

Tiago, também após o derramamento do Espírito Santo sobre a Igreja, mesmo sendo irmão consanguíneo de Jesus, se autodenomina em sua epístola como servo de Jesus Cristo. Ele entendeu qual era a posição exata diante da capacitação do Espírito e se dedico a Igreja.
Desfrute da presença de Deus. Ele está te protegendo, está ao seu lado, habita em você e flui através da sua vida, para que você pregue o evangelho, cure os enfermos e sirva seu irmão.

 

Autor: Drummond Lacerda [EDO]